Ração para porco: o que precisa ter na composição?

Núcleos para Suínos: Núcleo Nutripig; Núcleo Poli Pig; Núcleo Tec Suíno; Núcleo Evolutec Suíno; e Núcleo Pró Suíno Engorda.

ração para porcos

Ração para porcos? O que ela precisa ter? Vamos trazer mais informações nesse texto.

Os porcos podem ser criados até atingirem aproximadamente 50 a 100 kg de peso vivo. A conversão alimentar dos porcos é de 3,5 kg de ração por quilograma de peso ganho.

Se o porco for criado sem nenhum controle, o consumo de sua carne pode ser uma fonte de doenças parasitárias para o consumidor. Portanto, deve ser enfatizada a importância de se ter um bom sistema de gestão no nível da fazenda familiar. Leia mais sobre isso no texto!

Como iniciar a criação de porcos?

ração para porcos

A criação de porcos pode começar com um pequeno rebanho, mas o criador deve verificar diariamente se os porcos comem sua ração e ganham peso normalmente. Tais observações permitirão tomar as precauções necessárias para evitar problemas e doenças parasitárias. Logo, a dieta do porco vai depender do objetivo que se tem para esse animal

Quantos quilos de alimento um porco come por dia?

O porco de granja na fase de engorda consome diariamente de 2,5 a 3 kg de ração, mas isso depende da criação e do objetivo do criador de porcos.

Qual a quantidade de ração um porco consome por dia?

Com alimentação de qualidade, cada animal pode engordar de 800 ou 900g por dia. O consumo é bem variável de cada porco.

Qual é a alimentação do porco?

ração para porcos

Uma boa dieta deve incluir componentes nutricionais essenciais, como água, energia, proteínas, minerais e vitaminas.

A falta de alimentos energéticos diminui a conversão alimentar e retarda o crescimento. Em vez disso, um excesso produz muita gordura, o que pode causar infertilidade temporária. Quanto às proteínas, é necessário considerar não apenas quantidade, mas também qualidade.

Uma deficiência de proteína em quantidade ou qualidade causa problemas de apetite e anormalidades, principalmente em animais jovens.

Os minerais necessários à alimentação dos porcos são principalmente cálcio, fósforo, cloro e sódio. Os outros minerais são encontrados nos alimentos. Os porcos são geralmente sensíveis à deficiência de quase todas as vitaminas.

Encontre Núcleo Para Suínos

Formulação básica da dieta

O objetivo da formulação de uma dieta é combinar ingredientes diferentes, para que essa combinação cubra as necessidades nutricionais dos porcos e contribua para a lucratividade da empresa.

Uma dieta deve conter os nutrientes necessários nas quantidades e proporções corretas para alimentar adequadamente os porcos, considerando o estágio fisiológico, peso, idade, sexo, potencial genético e estado de saúde, época do ano e limitações legais.

A formulação deve ser flexível para se adaptar aos preços das matérias-primas e às condições comerciais da área, mantendo o equilíbrio nutricional e de segurança, atendendo às regulamentações e regulamentos da autoridade sanitária. Da mesma forma, na formulação, devem ser considerados o tipo e estado físico dos ingredientes, sua segurança, quantidade de nutrientes e biodisponibilidade.

De uma maneira prática, os ingredientes de uma dieta podem ser classificados em: Macro-ingredientes com renda variável. Como exemplo, estão incluídas fontes de energia à base de cereais, sendo as mais usadas o milho, o sorgo, o trigo, enquanto as fontes de proteínas e minerais incluem pasta de soja, carbonato de cálcio, fosfato bicálcico.

É importante observar que antes de iniciar a formulação da dieta, a pré-mistura de minerais e vitaminas deve ser equilibrada por estágio de produção, idade e peso.

Recomenda-se que uma base de aminoácidos seja usada na formulação e não use apenas o valor da proteína bruta.

A formulação também pode ser realizada com base na digestibilidade aparente ou na digestibilidade ideal real de aminoácidos como Lisina e Metionina. No entanto, a lisina é hoje considerada o elemento mais limitante da dieta dos porcos e seu valor é um indicador do equilíbrio da dieta.

Para a formulação, você pode usar no mínimo dois ingredientes (dietas simples) ou a mistura de mais de uma fonte de energia ou proteína (dietas complexas). No entanto, existem dietas em que é necessário incluir mais de dois ingredientes, como porcas pré-iniciadas, desmame e lactantes.

Na elaboração de uma dieta complexa, o custo e a disponibilidade dos ingredientes devem ser considerados como elementos de discriminação, uma vez que determinarão a rentabilidade dos mesmos.

Existem sistemas de preparação de dieta para a criação de suínos, relacionados ao tipo de produto que você deseja obter.

Existem vários métodos para calcular a quantidade de cada ingrediente que será incluído na dieta, uma vez que tenha sido decidido que tipo de produto você deseja produzir.

Quanto de peso um porco engorda por dia?

ração para porco

Os alimentos representam cerca de 65% dos custos de produção, portanto devem ser estabelecidos como prioritários. Não basta que uma dieta atenda às necessidades nutricionais dos porcos, a formulação deve obedecer aos regulamentos oficiais que governam cada país para o uso e fabricação de alimentos.

O porco também precisa ter acesso a água fresca 24 horas por dia. O porco médio bebe 3 galões de água (11 litros) todos os dias. Se observarmos que um alguns dos porcos não consome água por cerca de 5 ou 6 horas, devemos entrar em contato com um veterinário licenciado o mais rápido possível.

Com alimentação de qualidade, cada animal pode engordar de 800 ou 900 g por dia.

O que não se pode dar aos porcos?

O porco pode comer de tudo, sem restrição, mas é interessante priorizar a ração e alimentos frescos. Evitar dar alimentos industrializados. Por exemplo, mandioca é bem vinda, banana, frutas entre outros.

Qual é a composição de ração de porcos?

Fórmula de preparação (100 kg.) Da dieta para a alimentação de leitões na suinocultura:

  • Milho amarelo moído: 55 kg.
  • Sorgo moído: 5 kg.
  • Folha e caule desidratados de Moringa: 35 kg.
  • Semente de moringa inteira moída: 0,5 kg.
  • Farelo: 5 kg.
  • Melaço: 0,5 kg.

Fórmula de elaboração (100 kg.) Da dieta para alimentação de porcos na engorda ou terminação:

  • Milho amarelo moído: 60 kg.
  • Folha e caule desidratados de Moringa ou outra: 30 kg.
  • Semente de moringa moída: 3 kg.
  • Farelo: 5 kg.
  • Melaço: 2 kg.

Continue lendo:

Sobre AB Araujo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *